segunda-feira, 11 de junho de 2018

Podcast 03 - A Geração Mimimi e os Thundercats Roar!

Olá, criaturas nerds! Belezinha?


Assinal o canal aí!!!!
No programa desta semana, Tuninho Chan, o fanho mais amado do mundo nerd, e o convidado especial da semana, Knight, o amigo de infância de Tuninho, vão discutir sobre a mais nona polêmica do mundo nerd: "Thundercats Roar", o novo desenho dos Gatos Guerreiros, e a geração mimimi!!!

Ainda foi citado neste programa: Tokusatsus da Era Manchete, Jovens Titãs em Ação, Os Novos Trapalhões, MacGyver, Super Máquina, Batman dos Anos 60, He-Man, o live action dos Jovens Titãs, Chaves, Chapolin, entre muitos outros!

Vão ficar de fora deste novo podcast??? Tenho certeza que não! Deem uma conferida aí então!!!

Portanto, com vocês: 03- Podcast 03- A Geração Mimimi e Thudercats Roar!

domingo, 3 de junho de 2018

Podcast 02 - Kamen Rider Build/Lupinranger vs Patranger

Olá, Tokufãs e amigos nerds em geral! Como estão?

Demorou, mas estamos na área novamente! Os membros fundadores do blog, Tuninho Chan, o fanho mais amado do mundo nerd, e Marcos, o misterioso integrante gente boa, são os apresentadores deste segundo podcast!

Segundo programa no ar!

Falamos aqui sobre os episódios semanais de Kamen Rider Build e do Grupo de Ladrões Fantasmas Lupinranger vs Equipe Policial Patranger, no caso, os episódios 29, 30 e 31 de Kamen Rider Build (29- Os Sinos Dobram, A Cortina Sobe; 30- A Verdade sobre a Caixa de Pandora e 31- O Surgimento do Magma!), e os episódios 08 e 09 dos Lupinranger vs Patranger (08- A Identidade dos Ladrões e 09- Para Vê-los Novamente).

Acho que irão notar que nós estamos bem mais a vontade nesse segundo programa, aonde ainda citamos ToQger, Kamen Rider Gaim, Ninninger, Kamen Rider Drive, Batman dos Anos 60, entre muitos outros.

Não deixem de prestigiar, comentar e assinar nosso canal!

Com vocês, Programa 02 - Podcast 02- Kamen Rider Build/Lupinranger vs Patranger!!!



https://www.youtube.com/watch?v=ogu7dKhGBMY

Um grande abraço!!!

terça-feira, 15 de maio de 2018

Santa Clarita Diet – 2ª Temporada: Série Reinventa os Zumbis!


Quando a Netflix lançou a primeira temporada de Santa Clarita Diet em 3 de fevereiro de 2017, eles começaram a mexer no cânone conhecido dos zumbis. Criado por Victor Fresco, a série é pura diversão! E é tão curtinha! Passa muito rápido. Assim como a primeira temporada, a segunda conta com 10 episódios com duração média de 26 a 34 minutos cada episódio. A série agora totaliza 20 episódios. Como irei falar da segunda temporada, tenho que citar algumas poucas coisas da primeira temporada da série, portanto, vocês já sabem como é o esquema, né? Pulem direto para a parte abaixo dos spoilers.

Poster da série

----------------------- CUIDADO COM SPOILERS DA PRIMEIRA TEMPORADA ------------------

Após decidir se trancar no porão de sua casa para não atacar mais ninguém, Sheila Hammond (Drew Barrymore), muda de ideia e quer voltar a ficar livre. Mas como fazer para confiar em Sheila agora que ela parece não estar mais controlando seus instintos? Enquanto isso, Joel Hammond (Timothy Olyphant), Abby Hammond (Liv Hewson) e Eric Bemis (Skyler Gisondo) continuam atrás de uma forma de curar Sheila ou ao menos de diminuir os impulsos assassinos dela.

------------------------------------------- FIM DOS SPOILERS -------------------------------------------------

Trupe reunida, da esquerda para direita: Sheila, Joel, Eric e Abby
Santa Clarita Diet é uma série hilária e divertida demais de se assistir. Ela é tão boa que quando nos damos conta, ela já acabou. Passa muito rápido. A forma em que eles encontraram para fazer piada com a febre zumbi e mexer com o cânone deles foi muito bem bolada. Aqui as pessoas infectadas não viram mortos-vivos em decomposição e sem raciocínio. Ao contrário. As pessoas infectadas tornam-se mais ativos, colocam pra fora seu lado reprimido e acabam tornando-se pessoas melhores... ok, pessoas melhores que precisam comer outras pessoas para continuarem “vivos”, mas tornam-se pessoas melhores.

Sheila e os pequenos "incovenientes" em virar uma zumbi
Outras pessoas infectadas como Sheila começam a surgir nesta segunda temporada. A investigação acerca do que está causando esta infecção continua rolando nesta temporada. Alguns personagens tiveram mais tempo de tela e espaço também, como é o caso de Anne Garcia (Natalie Morales), Lisa Palmer (Mary Elizabeth Ellis), Carl Coby (Andy Richter), Gary West (Nathan Fillion) e Ramona (Ramona Young). Destes aqui, destaco Anne e Gary. Eles são hilários!

Ramona, Eric e Abby
Algumas novas interações na série deram mais do que certo, como é o caso de Joel e Gary (muito hilário e inesperado); Sheila e Anne. As antigas interações também são ótimas, como é o caso de Joel e Sheila, Abby e Eric; os quatro protagonistas juntos também são imbatíveis: Sheila, Joel, Abby e Eric. Eles só se metem em confusão e nos fazem rir demais.

Anne e Sheila, uma dupla que deu certo
Duas novas aquisições também foram muito bem-vindas na trama: Chris (Joel McHale) e Christa (Maggie Lawson) são um casal de corretores rivais de Sheila e Joel. Quando os quatro estão juntos é impossível não rir com a competição que eles fazem entre eles para ver quem são os melhores corretores de Santa Clarita, Califórnia.

Chris e Christa, as nova aquisições divertidíssimas da temporada
Também tivemos duas novas aquisições que apareceram pouco nesta temporada, mas com certeza irão compensar na terceira temporada: Marsha (Jaee Young Han) e Paul (Zachary Knighton). Eles são um casal que estão por trás da investigação da infecção que vem assolando Santa Clarita, mas ainda não está muito claro qual é o objetivo deles.

Os misteriosos Marsha e Paul
Apesar da Netflix ainda não ter renovado a série para uma possível terceira temporada, Victor Fresco e sua equipe já começaram a escrever a nova temporada. A recepção do público com a segunda temporada não foi muito empolgante e muitas pessoas reclamam dos excessos nas cenas gore da série. A mim, particularmente, não me incomoda. Fica mais engraçado ainda pelo exagero e por toda situação da trama.

Um exemplo de cena "gore" da série
Só nos resta torcer para que a Netflix oficialize logo a terceira temporada de Santa Clarita Diet para ver o que Sheila, Joel, Abby e Eric irão aprontar na próxima temporada e como ficarão os habitantes de Santa Clarita diante de um apocalipse zumbi nada convencional que pode eclodir a qualquer momento.


Um grande abraço.

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Marvel´s Jessica Jones – 2ª Temporada: Série se Aprofunda no Passado de Jessica


A Marvel já está com bastantes séries no catálogo da Netflix. Séries para todos os gostos. Em termos de ação, para mim, Demolidor e Justiceiro são imbatíveis, mas quando chega na hora de falar de trama psicológica, aí ninguém vence Jessica Jones. Se na primeira temporada já temos um gostinho de toda dor e traumas psicológicos que a personagem possui, é na segunda temporada que a produtora Melissa Rosenberg mergulha de cabeça no passado da heroína mais mau humorada, beberrona e casca grossa que existe! Esta temporada contem 13 episódios, assim como a primeira temporada, com episódios com duração média de 46 a 55 minutos cada episódio. Para variar, para falar sobre a segunda temporada, preciso citar alguns pontos da primeira temporada, portanto, se vocês ainda não assistiram a ela, pulem para a parte debaixo do texto após os avisos de spoilers. Nos vemos mais tarde.

Poster da segunda temporada
-------------------- CUIDADO COM SPOILERS DA PRIMEIRA TEMPORADA ---------------------

Após matar Killgrave (David Tennant), Jessica (Kristen Ritter) segue sua vida como detetive particular. Ela conta com a ajuda de Malcom (Eka Darvile), que se livrou do seu vício de drogas, nas investigações de alguns casos. Trish (Rachael Taylor) está mais obcecada do que nunca em salvar as pessoas e tornar-se uma heroína. Jeri (Carrie-Anne Moss) continua tentando contato com Jessica e lidando com o processo movido pela sua ex-secretária agora que ambas não estão mais juntas.

-------------------------------------------- FIM DOS SPOILERS -----------------------------------------------

Poster e seus "coadjuvantes de luxo": Jeri, Trish e Malcom
A trama da segunda temporada começa com Trish convencendo Jessica a investigar seu passado e a empresa IGH sobre o acidente que matou a família de Jessica e lhe deu seus super poderes. Mesmo relutante, nossa heroína badass acaba não resistindo e enfrenta seus traumas do passado em busca de respostas sobre a verdade por trás de seus poderes. A questão psicológica aumenta muito mais nesta temporada e o suspense por trás da empresa IGH e do passado da protagonista são os destaques deste novo ano de Jessica Jones.

Jessica, a heroína que tenta não ser heroína
As novas aquisições para o elenco são muito boas. A nova turma conta com: Pryce Cheng, Oscar Arocho, Vido Arocho, Inez Green, Dr. Karl Malus e Alisa. Vou começar falando sobre Cheng. Pryce Cheng (Terry Chen) é um investigador rival de Jessica que vai atrás dela a pedido de Jeri e acaba causando muitas dores de cabeça à nossa heroína.

A misteriosa e poderosa Alisa
Oscar Arocho (J. R. Ramirez) é o novo zelador do prédio de Jessica e acaba pegando no pé dela desde o começo. Apesar de seu filho, Vido Arocho (Kevin Chachon), ficar encantado com Jessica e seus poderes, Oscar não quer seu filho próximo a ela.

Oscar e Vido, os novos integrantes da temporada
Envolvidos com a empresa IGH temos o Dr. Karl Malus (Callum Keith Rennie), um cientista envolvido com pesquisas da empresa, a bela Inez Green (Leah Gibson), uma enfermeira que testemunhou um crime na empresa, e Alisa (Janet McTeer), uma cobaia da IGH. Todos irão cruzar o caminho de Jessica nesta temporada.

Trish e Malcom, muito mais destaque nesta temporada
Apesar de ter pouca ação e quase nada de super poderes nesta temporada, a tensão da investigação e todo o trauma psicológico prendem a atenção. Esta foi uma temporada muito boa de Jessica Jones, que teve como destaque ter todos os episódios dirigidos apenas por diretoras mulheres. A trama psicológica é tão importante que a Marvel e a Netflix tiveram que trazer Killgrave novamente para a série de uma forma um tanto quanto inesperada, mas muito bem resolvida. E David Tennant dá um show, como sempre. O cara manda muito!

Olha o homem aí novamente!!! Killgrave na área!!!!
Vi muitas pessoas escrevendo besteiras na internet, como dizendo que a série é ruim e só está no ar por causa do politicamente correto e por causa da campanha de empoderamento feminino. Sinceramente, acredito que as pessoas não entenderam muito bem a série. A graça não está na heroína sair dando bordoada por aqui e ali à toa. A graça é ver os traumas que a personagem carrega consigo, os dilemas por possuir poderes, ter que lidar com frustrações e problemas pessoais, além de ajudar aos outros. Os problemas de Jessica passam muito longe apenas da bebedeira da personagem. Ela bebe muito e sai transando com qualquer um porque? Ela tem algo para esconder, até mesmo de si mesma. Afogar os problemas e sentimentos no álcool e no sexo sem compromisso não é a resposta para os problemas, e Jessica Jones irá enfrentar estes problemas de frente e com peito aberto.

A heroína mais badass está de volta!
O grande destaque desta temporada fica com o trio Malcom, Trish e Jeri. Todos os três tiveram muito mais espaço nesta temporada, desenvolveram muito (e muito bem) os seus personagens e roubaram a cena. De verdade. Jeri passa por uma grande jornada pessoal nesta temporada que irá fazer com que ela repense toda sua vida. Malcom está se reerguendo e reconstruindo sua vida, tornando-se um bom detetive e até mesmo virando uma versão masculina de Jessica, obviamente, sem a parte do álcool e dos super poderes. Trish está totalmente obcecada em tornar-se importante na luta contra o mal que chega a fazer escolhas erradas para alcançar este objetivo. Rachel Taylor fez um excelente trabalho com a personagem nesta segunda temporada que chegou a me dar raiva da personagem!

Jeri e Jessica se encontram novamente!
Enfim, recomendo demais que todos assistam a segunda temporada de Jessica Jones. É uma excelente série e teve recepção positivas dos críticos e um tanto quanto mesclada do público. Ah, para aqueles que esperam alguma menção sobre Os Defensores aqui, tirem seus cavalinhos da chuva. É como se a série que reúne os grandes heróis da Marvel na Netflix nunca tivesse existido.


Um grande abraço.

terça-feira, 8 de maio de 2018

The Ranch – Parte 2 (1ª Temporada): Os Bennetts Continuam Juntos!


Há um tempinho atrás, eu escrevi sobre The Ranch – Parte 1 aqui no blog, e chegou a hora de escrever sobre a parte 2 desta ótima série, que fecha então a primeira temporada de The Ranch. Com mais 10 episódios com duração média de 28 a 34 minutos cada, a primeira temporada é constituída por 20 episódios. Para aqueles que ainda não viram a parte 1 da série, pulem para o final da parte de spoilers abaixo, pois não tem como falar da segunda parte da trama sem citar os acontecimentos da parte 1. Para os que não viram então, nos encontramos lá embaixo. J

Poster da Parte 2

------------------------------------- CUIDADO COM SPOILERS DA PARTE 1 ----------------------------

Após Maggie (Debra Winger) ir embora, abandonando Beau (Sam Elliot) e Colt (Ashton Kutcher) e Galo (Danny Masterson), os Bennetts ficam devastados. Ninguém esperava por isso e parecia que a família iria ficar toda debaixo do mesmo teto novamente. Para trazer mais confusão ainda ao Rancho, Colt e Abby (Elisha Cuthbert) começam a namorar escondido, e agora ambos terão que terminar seus relacionamentos com Heather (Keli Goss) e Kenny (Bret Harrison), respectivamente. Quanta confusão, não?!

------------------------------------------------- FIM DOS SPOILERS -------------------------------------------

Os Bennetts reunidos novamente
A série continua muito engraçada e nesta segunda parte parece que o “drama” entre pais e filhos dá uma leve amenizada e acabam focando mais no dia a dia da família trabalhando junto novamente para reestruturar o Rancho e acabam dando vez ao problema da parte dois: Beau e Maggie. Eu já digo de cara que não curto o casal Colt e Abby. Acho os dois bem chatinhos.

Colt e Abby, o casal chatinho
Nesta temporada temos a entrada de um novo personagem: Joanne (Kathy Baker). Ela é garçonete amiga de Mary Roth (Megyn Price), namorada de Galo e mãe de Heather. Joanne é uma ótima aquisição ao elenco, pois ela interage diretamente com Beau e ambos acabam travando uma grande amizade, apesar de serem completamente diferentes. A dinâmica entre ambos é hilária e um vive provocando o outro.

Joanne e sua satisfação em ser servida por Beau
Beau e Galo continuam roubando a cena na série. Eles são a alma do programa e nos fazem rir o tempo inteiro. Não tem como ficar sério com as tiradas sexuais de Galo e o mau humor exagerado de Beau. Ashton Kutcher fica completamente na sombra de ambos. Dale Rivers (Barry Corbin), veterinário do Rancho e melhor amigo de Beau também se destaca bem, tendo mais tempo de tela nesta segunda parte da série. Também é outro personagem que funciona extremamente bem ao lado de Beau. Por falar em destaque, preciso mencionar Hank (Grady Lee Richmond), cliente fixo do bar de Maggie. Apesar de aparecer sempre muito pouco, ele sempre tem ótimas tiradas quando abre a boca.

Beau e Galo, as estrelas da série
O final da temporada ainda conta com um embate entre os queridinhos da série: Beau e Galo, pois o filho recebe uma oferta para trabalhar num rancho próximo ao rancho dos Bennetts e isso faz com que Beau se irrite profundamente e rompa com seu filho. E agora? Como ficarão as coisas entre pai e filhos? Qual lado que Colt tomará? Como ficará o rancho dos Bennetts? Galo aceitará o emprego no rancho vizinho? Como ficará a relação entre Maggie e sua família? Sem contar na grande bomba lançada por Heather no final da temporada. Só saberemos disso na próxima temporada de The Ranch, na parte 3 da série. Que venham mais confusões para os Bennetts!


Um grande abraço.